sexta-feira, 23 de abril de 2010

Aquela parede...

Há uma parede no meu quarto que depois de um reposicionamento de mobília (ao qual sou perfeitamente alheio, pois como é sabido, desprezo esse género de coisas) está totalmente vazia.
Procuro imagens na net, com as quais me identifique, ou que ache apropriadas, ou que digam algo sobre mim, para posteriormente imprimir e colocar nessa mesma parede, fazendo dela algo meu, personalizado. Deixo absolutamente claro, desprezo estética. Mas preciso de fazer isto um quarto meu e pensei nisto como uma forma. Este desejo apareceu quando a minha mãe me fez aqui uma invasão de objectos e papelada de adoração religiosa católica, crenças que desprezo e odeio com todas as minhas forças. (Escusado será dizer onde meti essas coisinhas todas)
O problema? Esta malvada parede, sinto que mesmo se eu a enfardar de imagens...vai ficar tão vazia...

Sem comentários:

Enviar um comentário